O Conselho Municipal da Pessoa Portadora de Deficiência de Santarém foi criado em 2016 e surgiu para representar as entidades que lutam pelos direitos dos cidadãos com algum tipo de deficiência física do município. No último dia 25 ocorreu a primeira eleição para a escolha dos diretores do conselho. Quatro instituições foram inscritas para participar do processo eleitoral: Associação dos Deficientes Físicos de Santarém (ADEFIS), Associação dos Deficientes Visuais do Baixo Amazonas (ADEVIBAM), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e Associação dos Amigos Portadores de Deficiência do Tapajós (AAPDT). No entanto, esta última não estava habilitada, segundo o edital de convocação, por não possuir o registro no Conselho Municipal de Assistência Social.

Em seu pronunciamento na tribuna da Casa, na terça-feira passada, o vereador Valdir Matias Jr., cobrou a vaga que seria destinada à AAPDT, entidade histórica do município que luta pelos direitos dos portadores de deficiência da região. Para ele, todas as entidades que compõem o conselho devem ter assento assegurado no Conselho.