Uma boa notícia para as pessoas portadoras de deficiência física que auxiliam a Polícia Militar no serviço de monitoramento de ruas por meio do sistema de vigilância de câmeras instaladas em diversos pontos da cidade, a partir da central do Núcleo Integrado de Operações (NIOP). Há exatos oito dias, o vereador Valdir Matias Jr. (PV) fez um pronunciamento na tribuna da Câmara de Vereadores, repudiando o fim do convênio entre a Prefeiturade Santarém e a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). Naquela ocasião, o líder do PV informou que esses trabalhadores seriam dispensados desse serviço, pois não havia interesse do município em renovar a parceria, que contemplam 16 associados da Associação dos Deficientes Físicos de Santarém (Adefis) e da Associação dos Portadores de Deficiência do Tapajós (AAPDT). 

Durante a sessão desta quarta-feira (29), o parlamentar retornou à Tribuna da Casa, desta vez para repercutir o resultado de uma reunião em que ele e outros vereadores participaram com o prefeito Nélio Aguiar, na tarde de terça-feira (28). 

Segundo ele, o gestor municipal reavaliou sua decisão de não renovar o convênio com a Segup e garantiu que o contrato seria prorrogado por mais um ano. “O prefeito reconheceu que esse serviço é essencial para o setor da segurança pública do município e garantiu a permanência desses servidores que cumprem seu papel com dignidade e responsabilidade”, destacou o vereador do PV.