O líder do PV recebeu muitas denúncias feitas por pessoas que participaram do processo e reclamam da falta de transparência do certame. Matias Jr. pede esclarecimentos da Prefeitura
O Processo Seletivo Simplificado para contratação de profissionais liberais para atuarem na equipe do PAC/Social, da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), pautou o pronunciamento do vereador Valdir Matias Jr., na sessão desta segunda-feira (6), na Câmara de Vereadores.

O líder do PV informou que, desde a divulgação do resultado do processo e convocação dos candidatos habilitados, tem recebido muitas reclamações de pessoas que participaram do certame e que consideraram a lista de chamada diferente daquela que consta no edital. O total de pessoas chamadas não confere com o número de vagas oferecidas em edital pela Seminfra. O processo aberto ao público ofertava 80 vagas, mas nem todas foram preenchidas.

Por exemplo, para os cargos de pedagogo, das 10 vagas disponíveis, apenas dois foram habilitados. Os cargos de assistente social foram preenchidos por somente cinco, das dez vagas ofertadas. Para o cargo de assistente administrativo, das 30 vagas disponíveis, apenas 11 se habilitaram. “Com uma cidade com tantos profissionais em diversos áreas, é muito estranho as vagas ofertadas não serem totalmente preenchidas”, disse o vereador.
As vagas foram distribuídas assim, em edital: 50 (cinquenta) para técnicos de nível superior, sendo: 10 (dez) vagas para Pedagogo(a), 15 (quinze) vagas para Assistente Social, 10 (dez) vagas para Psicólogo(a), 4 (quatro) vagas para sociólogo(a), 2 (duas) vagas para Advogado(a), 5 (cinco) vagas para Administrador(a), 2 (duas) vagas para Engenheiro Civil, 2 (duas) vagas para Engenheiro Sanitarista e 30 (trinta) vagas para Auxiliar Administrativo (nível médio).

As entrevistas de alguns candidatos começaram nesta segunda-feira e a prova de redação será aplicada na terça-feira (7). Conforme o cronograma do processo seletivo, no dia 9 ocorrerá a homologação do resultado e no dia 10, a contratação dos aprovados.
Valdir Matias Jr., questionou as regras do processo e informou que alguns candidatos devem acionar o Ministério Público do Estado (MPE) para tentar esclarecimentos mais específicos sobre as vagas ofertadas e o número de candidatos que estão sendo chamados.

O vereador espera que o secretário municipal de Infraestrutura, Daniel Simões, possa esclarecer alguns pontos obscuros deste processo de seleção, segundo as reclamações recebidas por seu gabinete, de candidatos que concorreram a uma das 80 vagas ofertadas.