O vereador Valdir Matias Jr. (PV), criticou, durante a sessão desta terça-feira (10), a inoperância da empresa ETEC Engenharia responsável por várias obras de recuperação e asfaltamento de ruas no município de Santarém. O líder do PV falou sobre os serviços que estão parados há cerca de um ano e hoje, neste período de chuvas, estão causando muitos transtornos à população. A fala do parlamentar foi durante o pronunciamento do vereador Mano Dadai (PRTB). Dadai usou a tribuna da Câmara para denunciar a falta de qualidade dos trabalhos da ETEC no bairro Santarenzinho. Lá, segundo ele, há um mês, a empresa executou o asfaltamento da rua Angelim. Mas nem bem terminou o serviço e começaram a surgir problemas na via. “O asfalto está sendo levado pelas chuvas. O serviço foi muito mal feito, sem qualidade, sem consistência. Os moradores estão indignados com essa empresa, que ganhou a licitação para fazer uma obra que garantiria melhor condição de trafegabilidade para veículos e acesso para os pedestres, mas que hoje está causando muitos prejuízos para todos”, disse Mano Dadai.

Ele lembrou que recebeu uma comissão de moradores em seu gabinete cobrando esclarecimentos sobre a má qualidade do serviço da ETEC.

Por sua vez, o vereador Valdir Matias Jr., lembrou que as obras da empresa seguem em ritmo lento, sendo que outras estão paradas há mais de um ano. É o caso da avenida Anysio Chaves cujos serviços estão paralisados desde o ano passado. “Uma obra importante que está sendo destruída pela chuva, já que não existe cuidado e zelo da empresa com o que já foi executado. Além do Santarenzinho e Aeroporto Velho, a ETEC iniciou obras também no bairro Interventoria por meio do Pró-Transporte, programa que contempla o asfaltamento e saneamento de diversas vias públicas de Santarém.

No ano passado, o líder do PV subiu à tribuna da Câmara e cobrou que as obras fossem retomadas e os serviços concluídos o mais breve possível, pois parte da obra poderia ser perdida no período chuvoso. Um ano depois, o problema se repete e as obras estão paradas, causando desperdícios de recursos públicos.

Os vereadores Valdir Matias Jr. e Mano Dadai vão solicitar à Mesa Diretora da Casa que chame a empresa ETEC para que ela esclareça os motivos pelos quais esses serviços estão suspensos e esclareça também sobre o pedido de realinhamento de preço das obras. “Falta esclarecimento à sociedade sobre esses serviços que não estão sendo executados dentro dos prazos previstos. O pedido de realinhamento de preços depende de avaliação de vários entes públicos, além de causar o aumento do custo da obra porque a empresa não honrou os prazos na primeira planilha apresentada quando ganhou a licitação”, disse.

O Pró-Transporte é um programa do governo federal que possibilita investimentos no setor de infraestrutura de ruas. Em 2016, a Prefeitura iniciou um dos projetos mais importantes de pavimentação e drenagem da cidade: a avenida Dr. Anysio Chaves, incluindo a Pista do Lazer, no bairro Aeroporto Velho. Essas obras estão todas paradas.