Concurso terá 50 vagas com plano de carreira definido
O Projeto de Lei de nº 2122/2017, que cria 50 cargos de agente municipal de Transporte e Trânsito de Santarém, de autoria do Poder Executivo, ficou sobre a Mesa Diretora, após a devolução da matéria pelo vereador Valdir Matias Jr. (PV), que pediu vistas na semana passada para análise detalhada da proposta da Prefeitura. Ao fazer uso da tribuna da Câmara de Vereadores, na sessão desta segunda-feira (7), o líder do PV falou da necessidade de melhor avaliar o projeto que propõe a realização de concurso público para o provimento de cargos de agente de trânsito, além de instituir também o plano de cargos, vencimentos, cargos comissionados e outros benefícios como gratificações.

A matéria chegou a ser apresentada para a votação em plenário, mas após uma reunião entre os parlamentares e o corpo jurídico da Secretaria Municipal de Trânsito, ficou decidido que o projeto ficaria sobre a mesa até que os vereadores avaliassem seu teor de forma mais criteriosa e cuidadosa, como propôs o vereador Matias Jr.

Para ele, é importante que se faça o concurso, mas que seja observada a situação dos agentes que já exercem a função há mais de 20 anos. O vereador sugeriu inclusive uma possibilidade de uma pontuação diferenciada para quem já exerce o cargo. “É um projeto importante para a efetivação de uma carreira que tem papel fundamental no controle do trânsito no município, mas é bom que avaliemos com cuidado, sobretudo as condições daqueles que já estão atuando nesta profissão e que no passado passaram por um processo seletivo simplificado”, disse o vereador.