A Câmara Municipal de Vereadores de Santarém aprovou nesta segunda-feira (8), por unanimidade, o Projeto de Lei que institui o dia 19 de março como o Dia Municipal do Artesão e do Artesanato, de autoria do vereador Valdir Matias Jr. (PV). A matéria segue agora para a sanção do Poder Executivo. O projeto foi protocolado no dia 19 de fevereiro e depois de passar pelas comissões pertinentes da Casa, recebeu pareceres favoráveis. Com parecer favorável também da 2ª Comissão de Finanças, Contas, Constituição, Justiça e Redação, a matéria foi lida em plenário e em seguida entrou em votação, sendo aprovada por todos os presentes.

O autor do projeto comemorou a aprovação do projeto e ressaltou a importância da lei em reconhecimento aos profissionais do artesanato que tanto contribuem com o desenvolvimento social, cultural, turístico e econômico do município. Para Matias Jr., o Dia Municipal do Artesanato e do Artesão, além de valorizar a categoria pretende motivar e incentivar a arte artesanal, além de difundir a cultura local, fortalecendo este importante segmento que tem reconhecimento internacional graças aos trabalhos de renomados artistas santarenos, entre os quais se destacam artistas como Laurimar Leal, Dica Frazão, Izauro do Barro, Roque Lima, Fona Camargo, Ana Leal, Romana Leal, Rose Costa, Mestre Elves, Jefferson, entre outros.

Atualmente, mais de 600 famílias em Santarém estão envolvidas diretamente com o artesanato, produzindo peças que são comercializadas no Cristo Rei – Centro de Artesanato do Tapajós, Centro de Atendimento ao Turista (CAT), em Alter do Chão, e no Terminal Fluvial Turístico (TFT), na orla da cidade. O artesanato impulsiona uma importante cadeia produtiva na economia do município, gerando renda e emprego para muitas pessoas, cooperativas, associações de moradores, grupos de mães e artistas autônomos que vivem exclusivamente da confecção de obras feitas a partir de matéria-prima extraída da própria natureza.