A cada dez anos, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realiza o Censo Demográfico com abrangência nacional. Os pesquisadores do IBGE visitam os domicílios a fim de obter dados sobre as características dos moradores, estudo e trabalho, entre outras informações. A última edição foi realizada em 2010.

Aqui em Santarém, o IBGE iniciou a primeira reunião para a apresentação do mapa demográfico das áreas consideradas mais críticas da região. O objetivo é envolver toda a sociedade para que a coleta das informações alcance o maior número de pessoas no município.

A primeira reunião de planejamento e acompanhamento do Censo 2020 contou com a presença de representantes de instituições públicas e da sociedade civil. A Câmara de Vereadores de Santarém esteve representada pelo vice-presidente da Casa, vereador Valdir Matias Jr. (PV). O parlamentar foi o primeiro a levantar a importância do apoio ao trabalho do IBGE no ano que vem. O envolvimento da sociedade pode contribuir para que os técnicos do IBGE consigam coletar os dados em todas regiões do município.

A reunião desta quinta-feira (12), serviu também para que fossem repassados os objetivos principais desse planejamento, entre os quais informar sobre como e quando será feito o trabalho em campo e conhecer a equipe do IBGE; acompanhar as etapas do censo, com vistas a garantir a total cobertura do território e qualidade dos dados coletados; ajudar o IBGE na divulgação dos processos seletivos, bem como a obter postos de coleta e locais de treinamentos e ajudar na divulgação do Censo para a população.

O Censo 2020 será realizado de agosto a outubro. O número de domicílios a serem visitados é de 73.502. O trabalho será desenvolvido por uma equipe formada por 206 recenseadores. A população estimada do município é de 304.589 pessoas.

Censo do IBGE - Os dados do Censo Demográfico têm impacto diretamente nas diversas políticas públicas, seja mediante atrelamento legal ou como insumos para a elaboração de políticas e planejamento público e seu monitoramento.

O principal repasse é o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e dos Estados (FPE). A fixação dos coeficientes individuais de participação dos municípios no FPM é efetuada com base nas populações de cada município brasileiro e na renda per capita de cada estado, que também é informada pelo IBGE.